Teu E-commerce Está Preparado Para Chegada Do 5G?

27 Apr 2019 06:30
Tags

Back to list of posts

<h1>Obter Seguidores E Curtidas No Instagram</h1>

<p>Rio - ‘Black is beautiful”, decretava Marcos Valle na can&ccedil;&atilde;o imortalizada por Elis Regina nos anos 1970, auge do movimento Black Power. Hoje, ap&oacute;s uma longa era de alisamentos e formol, os cachos e cabelos crespos voltam &agrave; cena com ainda mais pot&ecirc;ncia. A estudante Tain&aacute; Cristina Quit&eacute;rio, vinte e um anos, alisava o cabelo desde os cinco anos e parou h&aacute; 8 meses.</p>

<p>“Nunca tinha visto o meu cabelo natural. Como Vender Mais Usando As M&iacute;dias sociais: 7 Dicas Significativas m&atilde;e sempre alisou. Exclusivo: Investiga&ccedil;&atilde;o Revela Como Website Defendia Dilma Com Rede De Fakes Em 2018 eu parei, ela parou assim como. Estou adorando do consequ&ecirc;ncia. Antigamente era muito trabalhoso achar produtos para o cabelo, mas hoje em dia &eacute; bem mais f&aacute;cil, em qualquer farm&aacute;cia encontro”, comemora. 10 Tend&ecirc;ncias Que Est&atilde;o Mudando O Mundo Do ‘branded Content’ , 37, que deixou de alisar os cabelos h&aacute; 2 anos, houve uma transforma&ccedil;&atilde;o cultural. “A gente era muito cobrada. A sociedade queria um cabelo comportado.</p>

<ul>
<li>O que tua persona mais valoriza? Quais s&atilde;o as metas dela</li>
<li>Rihanna passa Lady Gaga e &eacute; nova rainha do Facebook</li>
<li>Gest&atilde;o de produtos</li>
<li>3 Acesso remoto</li>
</ul>

<p>Fui estimulada a modificar por um movimento de algumas mulheres, que t&ecirc;m inclusive grupos nas redes sociais, e incentivam os cachos. &Eacute; mais do que moda, &eacute; um lugar pol&iacute;tico, &eacute; um movimento de empoderamento da mulher, de se permitir ser do jeito que a gente &eacute;”, confessa. Ligada a essa altera&ccedil;&atilde;o de modelos, a TRESemm&eacute; lan&ccedil;ou pela semana passada sua primeira linha para fios crespos, em campanha estrelada pelas artistas Negra Li, Paula Lima e Pathy Dejesus, al&eacute;m de blogueiras como Rayza Nic&aacute;cio.</p>

<p>“Existia no mercado uma car&ecirc;ncia de produtos espec&iacute;ficos pra esses cabelos. N&atilde;o havia uma discuss&atilde;o direta com a consumidora, que n&atilde;o se enxergava nas comunica&ccedil;&otilde;es direcionadas a quem tem cabelos cacheados, por exemplo”, explica Mar&iacute;lia Zanoli, gerente de marketing da marca. Pioneira em tratamento de cabelos cacheados no Rio, a rede Formosura Natural manteve o crescimento, mesmo com acrescentamento pela concorr&ecirc;ncia.</p>

<p>Segundo Leila Velez, s&oacute;cia-fundadora da marca, em 2 anos houve acrescentamento de dezesseis pra trinta e um unidades dos sal&otilde;es. “O mercado est&aacute; cada vez mais competitivo, dessa maneira quem d&aacute; um diferencial ganha o teu devido destaque. Al&eacute;m do tratamento Super Relaxante, que &eacute; o nosso ve&iacute;culo-chefe, lan&ccedil;amos recentemente uma inova&ccedil;&atilde;o, o bn.Cor. Campanhas De Conscientiza&ccedil;&atilde;o Ganham Repercuss&atilde;o Nas Redes sociais -se de uma colora&ccedil;&atilde;o espec&iacute;fica para o fio cacheado e crespo, que &eacute; um tipo mais leve, acess&iacute;vel de quebrar”, conta a empres&aacute;ria. S&oacute;cia-diretora da rede de sal&otilde;es Lunablu, Soraia Ferretti declara que atende a 2 p&uacute;blicos muito distintos: “T&ecirc;m aquelas que mant&ecirc;m o volume mais controlado e executam relaxamento, e outras que querem o black total.</p>

Social-Media.jpg

<p>Temos v&aacute;rias consumidores que aderiram ao black e podem abusar da cor, realizam luzes. Como o cabelo n&atilde;o tem mais qu&iacute;mica, conseguem pintar e manter hidratado”. Ela pondera, por&eacute;m, que o mercado ainda &eacute; t&iacute;mido no momento em que se trata de cabelos crespos e cacheados. “Trabalhei durante 17 anos pela ind&uacute;stria cosm&eacute;tica e ficava indignada em ver como eles n&atilde;o enxergavam esse mercado. Os poucos produtos que eu encontrava continham muito &oacute;leo, glicerina, que deixavam o cabelo pesado, no entanto ressecado.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License